quarta-feira, 8 de abril de 2009

Aqui Há Selo 2009 - participação da Safira

A Safira pediu para participar no Aqui Há Selo 2009 e apoiar os animais que como ela foram abandonados.
Apoiem esta causa, votem no selo que mais gostarem dentro do tema animais abandonados, mas se gostarem do da Safira votem no selo dela. Ela agradece!


Estive a ver o seu perfil! Vote no Selo de Claudia Estanislau

6 comentários:

carlota disse...

Eu já votei!!!! :)

nadea disse...

Todos cá em casa votaram :D

Vamor torcer muito pela Safirocas boa! xD

Masha disse...

Mais um voto ;)

West Crosse disse...

Olá Claudia.
O meu nome é Tierri Correia e sou o Autor da fotografia da safira.

Desconhecia tal blog, e desconhecia que a safira ja era tão famosa, dado que pouco tempo tenho para vir aqui à net.

Eu e a minha namorada achamo-la na rua, assim nesse estado e, com a ajuda de outras pessoas, resgatamo-la dos ciganos que a reclamavam a todo o custo.

Faço o levantamento de fotografias dos cães do canil, e de cães abandonados porque tenho uma queda pra fotografia, e animais são sempre um desafio enorme fotografar.

Quanto à foto, foi bem escolhida pela expressão e dado o tema do selo. não votei nela, no aqui ha selo, por uma questão de modestia.

É uma cadela adoravel.

Só não gostei muito foi de ver uma foto tirada por mim num terceiro lugar, num sitio onde eu proprio não participei. Só gostava que tivesses tentado contacar antes, só para avisar que ias utilizar.

o meu email é tierri_correia@hotmail.com, para o caso de não haver sitio para responder.

Boa sorte.

Claudia Estanislau disse...

Caro Tierri,

Gostava de esclarecer esta questão. O problema surge apenas porque eu estava convencida que a foto tinha sido tirada pela Nádia que foi quem tratou da adopção da Safira e cuidava dela durante os vários meses em que estivemos em contacto e que obviamente sabe do que se passa e que foi também quem me deu a foto. Pessoalmente eu nem sabia quem o senhor era até se apresentar hoje.

O concurso Aqui Há Selo não é um concurso de fotografia, não se trata de glorificar o autor da fotografia mas sim o tema dos cães abandonados. A Safira é uma boa representante desse tema, precisamente pela história dela, e eu achei por bem usar aquela foto precisamente pelo seu simbolismo e porque também alcança o tema dos cães chamados potencialmente perigosos.

Tem sido esse o trabalho que temos tentado desenvolver à volta da sua "imagem" desde que está connosco e do facto dela ter passado tanto na sua ainda curta vida. Como treinadora uma das causas a que me dedico é diminuir o abandono de cães e eliminar o preconceito que existe e aquilo que se passa presentemente na nossa sociedade face a estas raças e a forma como são tratadas.

De qualquer forma, respeito o que diz, e obviamente que tirarei a foto do concurso imediatamente, porque de todo isto se trata de uma usurpação da sua fotografia ou do aproveitamento do seu trabalho.

A Safira pode dar a cara noutras ocasiões certamente, e eu irei certificar-me daqui para a frente só usar fotos tiradas por mim e pelo Nuno.

Obrigada pelo seu contacto e considere o assunto rectificado.

Atentamente

Cláudia Estanislau

Anónimo disse...

Talvez desconheça que a Safira é tão "famosa" devido à falta de interesse que teve por ela.

A sua modéstia não é muita, porque você não a resgatou da rua, quem a tirou da rua foi a sua namorada (que apenas a chamou até perto do carro nesse dia), eu e a Nádia (que fomos nós que a transportámos no carro da Nádia e ela ficou alojada em casa da Nádia), você nem estava lá nesse dia. Para além disso, ainda com a Safira no carro, um familiar da sua namorada ainda queria que abandonássemos a Safira no outro lado da localidade onde ela estava, para a Safira ir sozinha de volta para os antigos "donos".

Aliás, nem esteve presente nesse dia nem em todos os outros nas visitas à Safira durante todos os meses que ela esteve para adopção.
Quanto à foto, ela foi publicada em sítios públicos e a sua namorada deu autorização para se divulgar as fotos e a Safira (ainda no ínicio da situação).
Isto entre outras coisas que se passaram que nunca chegaram a ser contadas.

Mas agradeço imenso a divulgação que a sua namorada fez da Safira, pois sem isso, eu, a Nádia, e todas as outras pessoas que realmente ajudaram a Safira (fosse de que modo fosse) não a teríamos conhecido e ajudado, e teria ficado a morrer aos poucos na rua. Porque vocês não se mexeram para a tirar da rua e foi preciso o dia em que eu e Nádia pudemos ir aí para ela sair da rua.

Agradeço muito a todas as pessoas que realmente ajudaram a Safira (seja divulgação, donativos, visitas, comentários, apoios, etc.) e também à Cláudia e ao Nuno por a terem acolhido e estarem a tratar tão bem dela.

Cumprimentos
João